Love, Victor. - Descoberta, Homofobia Internalizada e Coming Out


Love, Vitor é uma série original da Disney+, que se estreou em 2020, contando atualmente com 10 episódios. Cada episódio não ultrapassa os 35 minutos, sendo uma série, sobretudo, para o público juvenil.

E temos óptimas novidades, existirá uma segunda temporada desta maravilhosa série!!!!!

Esta série conta-nos a história de Victor, um jovem de descendência colombiana e porto-riquenho, que vive nos Estados Unidos da América, no estado do Texas. A sua família vê-se forçada a mudar-se para Atlanta para começar uma nova vida, longe dos olhares das pessoas que conhecem.

No entanto, nesta fase de adaptação, Victor e a sua irmã, matriculam-se na escola Creekwood High School, de modo a completarem o ensino secundário. No meio destas aventuras e desventuras, Victor conhece Alex, seu colega de turma e vizinho, do mesmo prédio.




Ao longo dos episódios vemos Victor, a explorar questões que se prendem com a orientação sexual, sobretudo quando fica a conhecer o seu colega de trabalho. Victor toma conhecimento de um antigo aluno daquela escola de Simon (protagonista do filme Love, Simon), contando-lhe tudo o que sente e pensa acerca da sua orientação sexual.

Em alguns momentos da série, vemos Victor a debater-se, fortemente, com estas questões, muitas vezes negando a sua essência, tendo claramente sempre medo que este seu "segredo" fosse revelado.

A mensagem principal deste filme é a auto-descoberta do que é e do que sente em relação a sua própria orientação sexual.


É muito comum este processo de auto-descoberta e de aceitação da própria orientação e identidade de género nos jovens, e este processo chama-se Coming Out.

Quando o jovem se apercebe ou toma consciência da sua orientação sexual e/ou identidade de género pode acontecer pensamentos e sentimentos de vergonha, raiva, repulsa, medo e tristeza, por conta daquilo que foi incutido na sociedade e, consequentemente, pela própria família, não corresponder às expectativas.

Quando surge o aparecimento de sentimentos de ódio, consigo próprio, por conta destas questões de sexualidades e identidades humanas, estamos na presença de uma homofobia internalizada e este filme mostra claramente todo este processo.

O que acontece em jovens e também em adultos é a "camuflagem" da sua verdadeira orientação sexual, através de relações heterossexuais e a presença de homofobia, muitas vezes internalizada.

Esta série é ideal para pessoas jovens e adultos descobrirem o quão é óptimo para a Saúde Mental, a aceitação da própria orientação sexual e/ou identidade de género, na qual existe benefícios a longo prazo, sobretudo, a nível de desenvolvimento pessoal, sobretudo quando falamos de factores de protecção para a nossa Saúde Mental.